Início Opinião Altas temperaturas no final do Verão exigem maior atenção com mosquito da...

Altas temperaturas no final do Verão exigem maior atenção com mosquito da dengue

33
0
COMPARTILHAR

BRK em Sumaré ressalta que a prevenção também está relacionada à utilização correta dos serviços de água e esgoto

A menos de uma semana para o final do Verão (a estação se encerra no próximo dia 20 de março) as altas temperaturas do período, associadas às chuvas que, apesar de ocorrerem com pouco volume ainda têm sido registradas em Sumaré; trazem o risco de proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor do vírus da dengue, zika e chikungunya.
Com o compromisso de alertar a população, a concessionária BRK, responsável por serviços de saneamento no município, ressalta os cuidados para evitar a proliferação do mosquito, uma vez que a prevenção também está relacionada à utilização correta dos serviços de água e esgoto. Na página www.busqueporprevencao.com.br, a empresa traz mais informações sobre como prevenir a dengue.
O supervisor regional de Meio Ambiente da BRK, Gláucio Vitorio Madsen, explica que alguns serviços estão diretamente ligados à proliferação de doenças, sendo que a forma mais eficaz de combater a dengue, a zika e a chikungunya é eliminando o acúmulo de água que pode ocorrer com as chuvas.
“O acesso à coleta de esgoto evita esse acúmulo nas vias públicas. Do mesmo modo, é fundamental que se tenha cuidado com o armazenamento da água em caixas d’água para impedir que ela vire um grande criadouro do mosquito, fazendo a verificação da vedação e a limpeza da caixa no mínimo a cada seis meses”, afirma.
Madsen orienta que as pessoas fiquem atentas quanto à existência de possíveis focos do mosquito em casa e no bairro onde moram, reforçando atitudes para a prevenção. “O mosquito transmissor da dengue também se desenvolve na água suja, por isso é importante ter atenção para não deixar nenhum líquido acumulado em lajes, pisos, calhas e em lonas plásticas utilizadas em coberturas de materiais ou equipamentos, proteger ralos sem vedação com tela, não estocar água em baldes ou galões sem tampa, dar descarga semanalmente em vasos sanitários sem uso, entre outros cuidados”, alerta.
Ele ainda destaca que, para evitar extravasamentos e entupimentos nas redes de esgoto, a BRK mantém uma rotina preventiva contínua de limpeza das redes. “Apesar do nosso trabalho preventivo, é o uso correto das redes pela população, evitando o descarte de resíduos em ralos, pias e vasos sanitários, que fará com que situações de entupimentos e retornos sejam evitadas”, complementa.

VERÃO
A conhecida estação chuvosa registrou nos primeiros meses deste ano 369 milímetros em Sumaré, sendo 262 milímetros em janeiro e em fevereiro 107 milímetros de chuva, de acordo com dados da rede pluviométrica do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), responsável por medir o volume de chuvas em todo o estado de São Paulo, e de equipamentos instalados pela BRK em suas captações. No ano passado, o volume registrado no mesmo período (janeiro e fevereiro de 2020) foi de 524 milímetros de chuva na cidade.

Fonte Tribuna Liberal